Blog

Tramp oil: tudo o que você precisa saber!

O tramp oil é um problema bastante recorrente na indústria metalmecânica. 

As máquinas operatrizes empregam uma série de componentes – rolamentos, corrediças, fusos etc. – que exigem lubrificação. Muitas vezes, os fluidos hidráulicos, assim como protetivos e óleos de barramento, são arrastados para o reservatório refrigerante/lubrificante. 

Esses óleos não se misturam ao fluido solúvel e causam o tramp oil, um acúmulo residual sobrenadante/flutuante  no reservatório. Essa “nata” impede a oxigenação do óleo e é responsável pela redução do pH da solução. 

Outra fonte de contaminação são os metais processados, já que os materiais estocados geralmente são revestidos com uma base oleosa para evitar corrosão. Caso o revestimento não seja removido antes da usinagem, ele pode contaminar o fluido de corte. 

6 problemas causados pelo tramp oil

O tramp oil pode levar a vários problemas relacionados à eficiência da produção, à capacidade de controle de custos e à segurança do ambiente de trabalho. 

#1 Redução da capacidade de refrigeração do fluido de corte

#2 Elevação da temperatura da operação e maior desgaste da ferramenta

#3 O contato do óleo com a ferramenta quente causa fumaça cria condições de trabalho inseguras

#4 Quando misturados aos fluidos, os óleos básicos promovem a proliferação de bactérias

#5 Dermatite de contato nos operadores (causado pelas bactérias)

#6 Bactérias produzem sulfureto de hidrogênio e causam mau cheiro/odor de ovo podre

 

Como remover o tramp oil?

Existem dois métodos bastante comuns para remoção de tramp oil:  coalescedores e skimmers (escumadores).

Os coalescedores transformam pequenas partículas de óleo em gotas maiores, que podem ser separadas por filtros.  Eles são uma boa opção para áreas maiores, pois têm espaço de coleta maior do que a dos skimmers.

Os skimmers utilizam as gravidades específicas de óleos e  líquido de arrefecimento para remover óleos residuais. Uma correia acionada por motor é colocada no reservatório de fluido refrigerante/lubrificante. Conforme ela se move, atrai o óleo residual, que é raspado por um limpador e depositado em um recipiente.

Versáteis, os skimmers podem ser usados ​​em diversas aplicações e são adequados para situações extremas.Ao contrário dos coalescedores, os skimmers não usam bombas, que podem entupir com aparas ou outros sólidos.

 

Lembrando que o óleo contaminado deve ser descartado adequadamente, de acordo com as regulações ambientais. 

Principais benefícios da remoção do tramp oil

 

A remoção do tramp oil gera vários benefícios que não podem ser subestimados:

 

  • Manutenção de um ambiente de trabalho seguro, sem fumaça de óleo ou bactérias nocivas
  • Limpo, o fluido de usinagem apresenta melhor eficácia e promove mais eficiência no processo produtivo
  • Aumento da velocidade operacional das ferramentas de corte
  • Economia de custo – sem super aquecimento, as ferramentas têm maior vida útil
  • Qualidade aprimorada das peças

 

Minimize o tramp oil com um fluido de corte adequado

 

É importante que utilize um fluido de usinagem ideal para o seu equipamento. 

Os fluidos sintéticos de bases poliméricas SOL ECO 3049 e SOL ECO 3046, por exemplo, não liberam odores, evitam corrosão nas peças e facilitam a remoção do tramp oil. 

Ambos produtos contêm alta concentração de agentes de lubricidade, o que proporciona economia de ferramental em processos de usinagem.

Além disso, são isentos de agentes causadores de dermatites nos operadores, como óleo mineral, compostos halogenados, nitrito e cloro. 

O uso adequado de um óleo com características anti gotejantes – com viscosidade correta –  também pode te ajudar a minimizar a formação do tramp oil.

 

Assepsia e manutenção do maquinário: não deixe de fazer!

Recomendamos que você realize a assepsia das máquinas após os processos de usinagem e remova periodicamente o tramp oil dos reservatórios. 

Manter a manutenção da máquina em dia também é muito importante, já que pode evitar vazamentos causadores de tramp oil. 

É muito importante ter sob controle a qualidade do fluido de corte armazenado no reservatório.

Para nós, será um prazer te auxiliar nesta jornada.

Clique aqui e fale conosco

 

Compartilhe esse post